MPC-RO leva o projeto “Páscoa Solidária MPC” a escola de ensino infantil de Porto Velho

    03 de abril de 2018 | 12:59

    pascoa

    O Ministério Público de Contas de Rondônia (MPC-RO) realizou na última quarta-feira (28) uma ação do projeto “Páscoa Solidária MPC”, que aconteceu na Escola Municipal Primeiros Passos – Extensão da Escola 12 de Outubro (Ensino Infantil), e que visou tornar mais alegre a páscoa de crianças que estudam naquela instituição. Na ocasião, estiveram presentes os procuradores do MPC, Adilson Moreira de Medeiros e Érika Patrícia Saldanha de Oliveira, além de servidores que participam do projeto.

    A ação foi realizada nos turnos da manhã e da tarde no dia 28. No período matutino, os servidores ajudaram no preparo dos lanches e na distribuição das lembrancinhas de páscoa. Já pela tarde, além das crianças receberem lembrancinhas com a temática, participaram de atividades de entretenimento com os servidores do MPC. Ao todo, a ação do MPC alcançou 126 alunos da escola infantil.

    A diretora da Escola Primeiros Passos, Taciana da Silva Feitosa, agradeceu a iniciativa do MPC em tornar a páscoa das crianças mais alegre. “É maravilhoso, nós ficamos muito felizes, pois é uma escola pública e nós não temos tantos recursos para proporcionar tudo isso para as crianças, e essa parceria é muito importante para nós e para todas as outras escolas que um dia poderão ser contempladas. Certamente a páscoa deles será mais feliz este ano”.

    O PROJETO

    O objetivo do projeto, além de proporcionar momentos de descontração e solidariedade, é o de contribuir para a integração dos Gabinetes do Ministério Público de Contas (MPC) na elaboração de eventos sociais, fora do ambiente organizacional, a fim de criar um elo colaborativo entre os servidores, tanto nas arrecadações, quanto na confecção e distribuição das ações a serem desenvolvidas.

    O projeto está alinhado ao Plano Estratégico do MPC 2016/2020, que, entre outras ações, abrange a elaboração de atividades sociais com o intuito de auxiliar uma parcela necessitada da sociedade local.