TCE é homenageado pela Assembleia por relevantes serviços prestados à sociedade rondoniense

    24 de setembro de 2019 | 18:48

    Sessão-ALE-YFM-2

    Foi realizada nessa segunda-feira (23), no Plenário da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-RO), sessão solene com voto de louvor em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade rondoniense, especialmente nos recentes repasses de recursos próprios da Corte para a construção do novo pronto-socorro de Porto Velho, o Hospital de Urgência e Emergência de Rondônia (Heuro), e o Fundo de Previdência do Iperon.

    Com a presença de membros e servidores do TCE e do Ministério Público de Contas (MPC-RO), a mesa de honra da solenidade contou com a presença do presidente da Assembleia, deputado Laerte Gomes; dos deputados estaduais Aélcio da TV (propositor do voto de louvor) e Jair Montes; do presidente do TCE, conselheiro Edilson de Sousa; da presidente do Iperon, Maria Rejane Sampaio; e do vereador de Porto Velho, Luan da TV.

    Antes dos pronunciamentos, foi exibido vídeo com reportagens e detalhes sobre as duas ações realizadas pelo Tribunal de Contas, que abriu mão de recursos de seu orçamento para destiná-los para essas duas finalidades: o Heuro e o apoio ao Iperon.

    “Desde que entrei na vida pública, como vereador na capital, que tenho essa prática de economicidade com o recurso público, de cuidado com a coisa pública. E agora que o TCE anunciou a destinação de recursos economizados ao longo de anos, visando à construção do novo pronto-socorro de Porto Velho, decidi promover essa homenagem, em reconhecimento à iniciativa”, disse Aélcio.

    Ainda segundo o parlamentar, abrir mão de R$ 50 milhões para as obras do hospital de emergência, já foi um ato de grandeza. “Mas o TCE foi além: destinou mais R$ 25 milhões para o Fundo do Iperon. São ações que mostram o compromisso com a nossa sociedade”.

    Já o presidente Laerte Gomes parabenizou o TCE pela ação: “É um gesto que deveria se estender a todos os demais poderes e instituições. Essa é a nova política: fazer diferente, com gestos e atitudes diferentes. Devolver esse recurso para a saúde e para o Iperon é uma medida que nos faz entender o que o cidadão quer e espera de nós”.

    Para Laerte, é preciso cuidar melhor das pessoas. “Fazer ações que tragam benefícios para a sociedade como um todo. O TCE tomou essa iniciativa, a Assembleia está fazendo a sua parte e espero que isso seja seguido pelos demais”.

    Por sua vez, a presidente do Iperon, Maria Rejane, disse que a medida do TCE salvaguarda dois pontos cruciais: a saúde pública e o caixa do fundo financeiro do Iperon. “Há um déficit financeiro previsto para 2021 de mais de R$ 600 milhões. O TCE está de parabéns por tão importante iniciativa. Como servidora, como responsável pelo fundo, como cidadã, agradeço pela ação do Tribunal de Contas”, destacou.

    AGRADECIMENTO

    O presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Edilson de Sousa, fez um pronunciamento agradecendo pela honraria e pontuando o comprometimento do TCE à causa pública.

    “Fizemos economia, cortamos gastos, mas sem prejudicar o bom andamento dos nossos trabalhos. Asseguramos os R$ 50 milhões e vamos repassar para a obra do novo pronto-socorro e o deputado Laerte também, em conjunto com os demais deputados, está fazendo economia do seu orçamento, para apoiar ações na saúde e em outras áreas”, citou o conselheiro.

    Edilson de Sousa também falou sobre a situação do Iperon. “Quando destinamos recursos para ajudar no caixa financeiro do Iperon, estamos dando o exemplo que esperamos que seja seguido pelas demais instituições”, disse, acrescentando que “é preciso rever conceitos e mudar atitudes, e isso estamos fazendo. Com mais propriedade podemos dizer que fizemos a nossa parte, mostramos que é possível fazer”.

    O conselheiro presidente ainda fez uma breve prestação de contas, destacando os avanços e as inovações que o TCE tem adotado ao longo de sua gestão e na relação com os demais poderes e instituições, com ênfase nas ações de cunho pedagógico.