Posse de Corregedor-Geral do MPC marca última reunião do Colégio de Procuradores em 2019

    19 de dezembro de 2019 | 18:19

    Posse-Corregedor-2

    O Colégio de Procuradores do Ministério Público de Contas de Rondônia (MPC-RO) esteve reunido nessa quarta-feira (18), em sessão extraordinária, realizada no Plenário do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO), a fim de realizar a nomeação do Corregedor-Geral do órgão, Procurador Ernesto Tavares Victoria, por recondução, visando o biênio 2020/2021.

    Ernesto, que foi titular da Corregedoria-Geral do MPC-RO no biênio 2018/2019, já havia sido escolhido, por unanimidade, pelo Colégio de Procuradores para seu segundo mandato à frente da unidade correcional, durante a 5ª sessão do Colégio de Procuradores do dia 3 de outubro deste ano, na qual também foi eleito o novo Procurador-Geral do MPC, Adilson Moreira de Medeiros.

    O Corregedor-Geral reconduzido – cujo mandato, assim como o do Procurador-Geral, inicia-se no dia 1º de janeiro de 2020 –, em seu pronunciamento ao fim da sessão, aproveitou para agradecer aos pares pela confiança e pelo apoio, o que, segundo ele, significam a aprovação do trabalho realizado até o momento.

    O Procurador Ernesto Victoria ainda fez breve balanço dos seus dois primeiros anos à frente da Corregedoria-Geral, destacando, entre ações e melhorias, o incremento de espaço físico para a Corregedoria-Geral e o efetivo cumprimento do calendário de correições ordinárias nos gabinetes dos Procuradores do MPC e da Procuradoria-Geral.

    Por fim, adiantou como pretende conduzir a Corregedoria Geral nos próximos dois anos, sem economizar esforços para cumprir fielmente a missão confiada àquela unidade. A Corregedoria-Geral é o órgão da Administração do MPC responsável pela orientação, acompanhamento e fiscalização das atividades funcionais e da conduta dos membros da instituição.